Um voto solitário contra o PT

Participei agora pela manhã da sessão inaugural da Comissão de Segurança e Serviços Públicos.

A Comissão elegeu o deputado petista Jeferson Fernandes à Presidência. Dentre os 12 membros da comissão (composta por PT, MDB, PP, PR, PSDB, PDT e PSL), fui o único voto NÃO à chapa – que ainda conta com o também petista Edegar Pretto como Vice-Presidente dessa importante comissão.

O PT fez mal demais ao Estado do Rio Grande do Sul em suas gestões à frente do Governo e influenciando os rumos da Assembleia por uma década como a maior bancada. São parte fundamental da explicação para a grave crise por que passa o nosso estado.

Dever de consciência e coerência perante os meus eleitores não recompensá-los com o meu voto. Estive sozinho nesta eleição, onde não foi possível lançar uma chapa alternativa. Mas não tem problema. Quem votou em mim e acompanha meu trabalho pode ficar tranquilo: quem anda acompanhado de suas convicções nunca estará sozinho!💪🏼