Com apoio do NOVO, Assembleia aprova reforma da previdência dos militares

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (09/03) a reforma da previdência dos militares. Com o apoio do NOVO, uma das bancadas que mais apoiou o projeto, os deputados chancelaram o projeto do governo que prevê alíquotas crescentes conforme a faixa salarial, partindo de 7,5% e chegando a 22%.

Conforme o deputado Fábio Ostermann (NOVO), o projeto reduz desigualdades e aumenta a contribuição dos salários mais altos, gerando uma economia de pelo menos R$ 200 milhões por ano. A proposta prevê que cerca de 96% dos militares ativos terão uma contribuição menor.

“É momento de confrontarmos interesses e privilégios. O que vamos dizer para os servidores civis, que já tiveram a sua aposentadoria alterada em 2020? Precisamos corrigir esta injustiça simbólica”, pontuou. Ostermann ainda reforçou que a reforma previdenciária dos militares já deveria ter sido aprovada no ano passado e só demorou para ser apreciada na Assembleia pela pressão das corporações.