Em momento mais crítico da pandemia, Ostermann cobra ações efetivas do Governo para conter avanço da COVID-19 no RS

Com  100% de UTIs ocupadas, o Rio Grande do Sul vive seu pior momento desde o início da pandemia da COVID-19. Com 13.370 mortes  em decorrência do cornavírus, não há perspectivas de melhora no horizonte do estado, que atualmente é a região com maior crescimento de mortes e internações devido ao vírus no Brasil.

Diante deste quadro, o deputado Fábio Ostermann cobrou medidas mais efetivas do Governo Estadual para conter o avanço da pandemia. Durante pronunciamento transmitido ao vivo em suas redes sociais, o líder do Partido NOVO na Assembleia Legislativa questionou os recentes gastos de Eduardo Leite com a máquina pública e rogou para que o governador passe a focar seus esforços na expansão dos leitos de UTI e em melhores condições de trabalho para os profissionais da saúde no RS.

O parlamentar também adiantou quais serão os seus próximos passos no combate ao coronavírus. Ostermann revelou que fará reuniões com entidades empresariais e laboratórios gaúchos para buscar soluções para a crise sanitária que atinge o RS.

Confira: