Em reunião com Eduardo Leite, Ostermann defende liberdade de trabalhar e cobra governo em relação a setor de eventos

O líder da Bancada do NOVO, Fábio Ostermann, e outros parlamentares estiveram reunidos nesta segunda-feira (7/12) com o governador Eduardo Leite e empresários para discutir protocolos da abertura dos setores de eventos e esportes. Representantes do segmento trouxeram dados e sugestões de protocolos para serem adotados pelo governo.

Durante sua manifestação, Ostermann pontuou que as restrições são exageradas sobre as atividades econômicas e sociais da população, que há nove meses já está sendo penalizada. “A Bancada do NOVO observa com apreensão e preocupação estas medidas que prejudicam milhares de gaúchos cuja subsistência depende de atividades seriamente impactadas pelas restrições estabelecidas no decreto”, afirmou.

O parlamentar defendeu a abertura dos setores de eventos e esportes e que estas medidas devem ser baseadas na liberdade e na responsabilidade, com o governo cobrando da população atenção e obediência aos protocolos sanitários, fiscalizando excessos e os descumprimentos.

No encontro, os empresários tiveram oportunidade de apresentar suas demandas e preocupações com relação aos quase nove meses em que o setor de eventos está paralisado. Entre os protocolos apresentados, sugeriram testagem em massa das pessoas antes de entrarem nas festas, além de redução do público e outras medidas sanitárias de prevenção.

Após ouvir todas as demandas e sugestões, o governador afirmou que as questões serão levadas ao gabinete de crise para discutir a viabilidade. Na sequência, Ostermann e outros parlamentares conversaram com representantes do setor de eventos que faziam manifestação em frente ao Palácio Piratini, para atualizar sobre os encaminhamentos da reunião.

Participaram da reunião o chefe da Casa Civil, Otomar Vivian; o presidente da Assembleia, Ernani Polo, e os deputados Any Ortiz (Cidadania), Eric Lins (DEM), Tenente-Coronel Zucco (PSL), Sérgio Turra (PP) e Issur Koch (PP), além de secretários e outros integrantes do governo