Fábio Ostermann combate a criação de novos cargos comissionados no Ministério Público

O deputado estadual Fábio Ostermann repudiou a criação de mais de 40 cargos comissionados no Ministério Público do Rio Grande do Sul. O líder do Partido NOVO manifestou sua posição contrária à proposta durante sessão deliberativa no plenário da Assembleia Legislativa.

Em seu pronunciamento, Ostermann alegou que a medida gerará um custo  anual de quase R$ 3,5 milhões para os cofres públicos do Estado. “Conseguimos, ao fim, 16 votos. Mas infelizmente fomos derrotados por 29 votos a favor. Temos defendido, desde a campanha, medidas de austeridade para todos os poderes e órgãos do estado. Somente isso vai tirar o RS da grave crise financeira que nos assola há anos”, declarou o parlamentar após a votação.

Confira o pronunciamento completo de Fábio Ostermann contra a criação de CC’s no Ministério Público: