Parlamentares vão protocolar emenda para manter escolas abertas na bandeira preta no RS

Deputados de pelo menos 06 bancadas manifestaram apoio na mobilização que busca estabelecer as escolas como atividade essencial no RS. Durante a sessão plenária desta terça-feira (23/02), os parlamentares vão protocolar uma emenda para manter escolas abertas na bandeira preta do mapa de distanciamento controlado do governo.

A mobilização é liderada pela Bancada do NOVO. “Nosso objetivo é garantir meios para que nossas crianças e jovens tenham seu direito à educação resguardado e que tenhamos um retorno às aulas da forma mais segura possível”, afirma o deputado Fábio Ostermann, que tem mantido contato com grupos de pais e visitou diversas escolas durante a pandemia.

Ostermann sustenta que o fechamento das instituições de ensino compromete o futuro dos alunos. “São inúmeros os efeitos da paralisação das aulas presenciais por um tempo tão prolongado. Os prejuízos no aprendizado, na renda e na condição de vida das crianças e jovens impactados se estenderá por décadas, afetando o seu desenvolvimento”, analisa.

Segundo o parlamentar, um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aponta que o fechamento das escolas implica em uma queda de 1,5% do Produto Interno Bruto mundial, além de graves efeitos que serão percebidos ao longo dos próximos anos.

A emenda para garantir as escolas abertas será protocolada junto ao PL 144/2020, da deputada Fran Somensi (Republicanos), que reconhece a prática da atividade física como essencial para a população do RS. A proposta conta com o apoio de deputados das seguintes bancadas: NOVO, PP, MDB, PSL, Cidadania e PDT.