Bebidas nos estádios: regulamentação responsável é o caminho, não a proibição!!

Manifestei, na Comissão de Segurança e Serviços Públicos, meu VOTO CONTRÁRIO ao relatório da Subcomissão de Bebidas nos Estádios.

O relatório em questão reforça equivocadamente a visão proibicionista, que trata o cidadão como um perigo, e em nada contribui para punir os verdadeiros criminosos, que geram transtornos em estádios, com ou sem bebidas alcoólicas.

Minha participação ativa nesta subcomissão reforçou a convicção de que precisamos é de uma regulamentação responsável, não de um proibicionismo populista.

É hora de avançar rumo a uma nova lei que atenda aos anseios da população e resguarde as liberdades individuais e a livre iniciativa!