Toda semana uma nova intervenção desnecessária!

Votamos ontem o PL 21/2019, que tentava proibir totalmente os fogos de artifício ruidosos no Rio Grande do Sul. Mais uma lei bem intencionada, mas que na prática criaria efeitos nefastos com uma regulação demasiadamente agressiva.

A lei foi aprovada, mas de forma mais branda. Ainda assim, votamos contra: é a partir destas pequenas restrições que cada vez mais os gaúchos perdem liberdades individuais. Conscientização e responsabilidade são quase sempre mais eficientes que a proibição!